sexta-feira, 11 de julho de 2008

Drinks!

Minhas receitas preferidas de drinks clássicos e reconfortantes, todas muito fáceis de fazer (pois ninguém quer ter muito trabalho quando se está numa festa, não é?) e que reúnem algumas das minhas coisas favoritas na vida (vinho, rum, limão e açúcar, além de amor, sexo, cultura e culinária, claro), retiradas de um maravilhoso livrinho chamado Classic & contemporary cocktails: the essentials collection, de Linda Doeser, começando pela minha preferida, Margarita!

Margarita
Drink inventado em 1942, no México, com o intuito de ser uma forma mais "civilizada" de beber tequila (que deve ser bebida tradicionalmente da seguinte maneira: polvilhe sal no dorso da mão, lamba, chupe o limão e tome de uma vez só um "shot" de tequila)
4 a 6 pedras de gelo quebradas
3 medidas de tequila
2 medidas de suco de limão
1 medida de rum
rodela de limão e sal para decorar a borda da taça

Cuba Libre
"Long drink" muito popular nas décadas de 60 e 70
4 a 6 pedras de gelo quebradas
2 medidas de rum branco
coca-cola até enher o copo
rodela de limão para decorar

Daiquiri
"Daiquiri" é o nome de uma cidade cubana, lar deste drink que foi criado diante da falta de gim no país e da abundância da bebida local, o rum
4 a 6 pedras de gelo quebradas
2 medidas de rum branco
3/4 de medida de suco de limão
1/2 colher de chá de xarope de açúcar
(para fazer este xarope, coloque 4 colheres de sopa de água e 4 colheres de sopa de açúcar refinado em uma panela e aqueça em fogo baixo até o açúcar dissolver; após esfriar, guarde em um recipente fechado por 2 semanas antes do uso)

Mudslide
Drink cremoso, especial para ser bebido em dias frios, cujo nome não é muito sedutor (algo como "lama escorregadia")...
4 a 6 pedras de gelo quebradas
1 medida e 1/2 de Kahlúa
1 medida e 1/2 de Bailey´s
1 medida e 1/2 de vodka

Bishop
Drink feito com uma pitadinha de vinho (não vale usar vinho vagabundo), especial para aqueles restinhos que sempre ficam nas garrafas; o nome é estranho ("bispo"), mas todos sabemos o quanto os clérigos são chegados nas boas coisas da vida...
4 a 6 pedras de gelo quebradas
2 espremidinhas de limão
2 medidas de rum branco
1 colher de sopa de vinho tinto
1 pitada de açúcar refinado



Um comentário:

samuelvigiano disse...

Bem, esse post foi um poço de "tesão". Bem, eu diria que é mais provável que o orgasmo da mulher pleno venha após beijos, exploração do corpo em geral, sexo oral. E depois, penetração. Mas não é nada genérico.

Eu tive uma namorada que tinha múltiplos orgasmos apenas com a penetração em si, de manhãnzinha era fatal.

Belo post.
Parabéns...

Beijos