domingo, 13 de julho de 2008

Mamma mia! - parte 3: Emilia-Romagna


Continuando... Logo acima da Toscana, há a Emilia-Romagna, que é considerada pelos próprios italianos como o ápice culinário de todo o país, sendo de lá pratos tradicionalíssimos como lassagne alla bolognese e tortellini in brodo, vários tipos de ragú, além dos conhecidos parmigiano reggiano, prosciutto di Parma, cotecchino, mortadella e zabaglione. Uma curiosidade da região é o fato dos locais reduzirem o azeite ao máximo e preferirem o uso da manteiga! Abaixo uma receita simples, versátil e tradicional, típica dos trabalhadores pobres, por ser barata e substanciosa, o brodo, uma espécie de caldo, que é servido com vários tipos de massa, de preferência curta (perceberam o "cheirinho" de sopinha leve de mãe?!):

alho-poró em rodelas finas (ou cebola e alho, na falta dele)
300gr de carne de boi moída, como músculo (ou carne de frango)
1 litro de caldo de legumes (ou água, na falta dele)
1 cenoura picada grosseiramente (atenção, o brodo é um caldo leve e que deve ficar quase transparente, então não é o propósito deixar a cenoura cozinhar até amolecer, como em uma sopa cremosa, e por isso é preferível que os pedaços sejam grandes)
outros vegetais (ainda mais no caso do brodo ser "vegetariano"; use por exemplo abobrinha, mas a parte mais durinha, da casca, pra não tornar o caldo cremoso, e também salsão, mas cuidado pra não virar sopa de legumes!)
temperos diversos, como louro, salsinha, etc. (ainda mais no caso de usar água somente), vai depender do seu gosto e inspiração
azeite, sal e pimenta do reino moída
queijo parmesão de boa qualidade (ou melhor: um parmigiano reggiano!)

Doure o alho-poró (ou o alho e a cebola)
Refogue a carne e logo depois os legumes (ou só os legumes se for o caso)
Adicione os temperos, o sal e a pimenta
Coloque o caldo e deixe ferver por uma hora
Caso queira um caldo translúcido, deve-se coá-lo (caso queira muito translúcido mesmo, da maneira tradicional, como na foto, é necessário, além de coar, voltar a ferver e adicionar uma clara de ovo, que ao cozinhar vai agregar em si as impurezas restantes; daí, deve-se retirar cuidadosamente a clara até o caldo ficar transparente)
Caso queira deixar do jeito que está, sugiro então que não use a carne e corte os legumes em julienne, em tiras bem fininhas, para o aspecto ficar bonito
*dica: geralmente o brodo é servido com alguma massa curta e de preferência recheada, como capeletti, que é a forma mais tradicional, e esteja atento para colocar a massa no caldo para que ela cozinhe, una 10 minutos antes de servir

Bom apetite!
.

Um comentário:

Lígia disse...

oi Sil! Passei por aqui, adorei as receitas novas! Quando será nosso footing na praça? bjs!